Posso instalar piso laminado ou vinílico sobre pisos cerâmicos?

Você já se deparou em um projeto no qual você decidiu trocar o piso cerâmico por um piso laminado ou um piso vinílico, mas uma reforma era inviável?

Remover um piso cerâmico envolve custos de mão de obra como também o descarte correto do piso removido, além do tempo envolvido na remoção e da necessidade, em muitos casos, de regularizar do contrapiso antes de iniciar a instalação do piso laminado ou vinílico.

Para evitar estes custos e tempo adicionais, saiba que podemos instalar um piso laminado ou vinílico sobre um piso cerâmico considerados “Flutuantes” e, para isso, devemos nos assegurar que a superfície esteja completamente regularizada, limpa e seca.

O que é um piso flutuante?

Os pisos flutuantes são opções de pisos laminados e vinílicos sem a necessidade de utilizar cola na base do piso durante a instalação, ou seja, o piso fica suspenso e fixado por encaixes “click” entre suas réguas. Portanto, essa é a principal característica que possibilita que um piso flutuante possa ser aplicado sobre a cerâmica, pedra ou mesmo sobre o concreto.

O piso flutuante laminado é produzido com madeiras certificadas FSC® de origem sustentável que podem ser de árvores das espécies eucalipto e pinus.

Já os pisos vinílicos utilizam como principal matéria-prima o policloreto de vinila, mais conhecido por PVC, que é um dos polímeros sintéticos de plástico mais produzidos no mundo com diversas aplicações, principalmente nos setores da construção civil, moda e medicina.

Umidade

A umidade no contrapiso em casas e apartamentos térreos pode gerar mofo e causar alergias respiratórias como também doenças mais graves. Para ter certeza que não há nenhum indício de mofo no ambiente onde será instalado o piso, pode-se usar uma técnica bem simples:

  • Corte um pedaço de plástico no formato de uma folha sulfite A4;
  • Prenda o pedaço de plástico no piso com fita adesiva em suas 4 extremidades;
  • Deixe por 24 horas.

Se você perceber que há gotículas de água dentro do plástico, é sinal que existe umidade residual embaixo do piso. Neste caso, é recomendado procurar um profissional da construção civil para eliminar o problema.

Passo a passo para instalação de piso laminado ou vinílico

  1. Verifique o nivelamento do piso cerâmico para evitar possíveis problemas de ondulação e de desnivelamento das réguas do piso escolhido durante a instalação.
  2. Utilize uma manta impermeável de polietileno ou de poliuretano. Para pisos vinílicos clicados, não há necessidade de usar mantas.
  3. Instale uma solução de rodapés de madeira ou de poliuretano sobre rodapés cerâmicos ou mesmo, substitua os rodapés cerâmicos por novos rodapés.

Lembre-se: Procure sempre um profissional qualificado para a instalação de pisos e rodapés!

Bora climatizar o piso!

É extremamente importante que pisos laminados sejas climatizados no ambiente onde serão instalados devido a dilatação (aumento) ou retenção (diminuição) que a madeira sofre. Para isso, recomenda-se que as caixas do piso laminado sejam abertas no local da instalação por um período médio de 24h para que estes pisos de madeira se adaptem ao clima e temperatura do local.

Mas afinal, qual piso eu escolho? Piso laminado ou vinílico?

Cada piso apresenta uma característica importante:

  • Pisos laminados oferecem conforto térmico para seu lar, uma vez que a madeira apresenta caraterística importante de retenção de calor.
  • Já os pisos vinílicos proporcionam conforto acústico, sendo que o material plástico utilizado na produção reduz o famoso ruído “toc-toc”.

Visualmente as duas opções trazem o mesmo resultado tão almejado: deixar o ambiente mais aconchegante. Além disso, existem muitas opções de cores e texturas de pisos disponíveis no mercado.

Fonte: Atendimento realizado na Archie pela arq. Giselle Barretti

É hora de se jogar nas possibilidades e transformar completamente seu ambiente sem quebra-quebra!


Gostou desta dica? Quem contribuiu com este material foi a arquiteta e archie Giselle Barretti, e se você é profissional da área, e tem uma dica bancana para contribuir, entre em contato conosco através do e-mail contato@archie.com.br e compartilhe o seu material! =)


Texto: arq. Giselle Barretti

Instagram: @gmbarquitetura