Como usar espelhos na decoração?

Espelho é um elemento delicado na decoração, além de frágil, claro! Sempre dissemos que espelhos devem ser utilizados de forma estratégica num ambiente, para que ele some à decoração e não que pareça uma peça à mais na decoração. Entendeu a diferença?

É simples, uma peça que soma à uma decoração é aquela que valoriza e ajuda a compor o ambiente, e não que fica lá parecendo um E.T. no ambiente. E, se você nos perguntar se um espelho poderia parecer esta última opção, eventualmente, já te respondo de primeira: Sim! Totalmente!

Então como utilizar de forma a valorizar o ambiente?

  1. Ampliar o ambiente – Esta propriedade é fantástica. O espelho amplia e integra um ambiente. Por vezes, dependendo da planta de uma sala, por exemplo, parece impossível deixar o ambiente integrado visualmente. Então é aí que entra o espelho. Ele traz esta sensação e une ambientes.25 (7)
  2. Iluminação – Agora preste atenção aonde vai posicioná-lo, porque caso não saiba, ele rouba a luz do espaço, por conta da sua profundidade. Sim, é verdade! Uma boa dica, é posicioná-lo em áreas já bastante iluminadas, ou até mesmo de frente a aberturas. Ele vai exponenciar a propriedade de ampliar o espaço em que está inserido, sem roubar iluminação.25 (6)
  3. Compor na composição de quadros – Outra composição bem simpática, é misturar espelhos a composições de quadros, galerias que tenha em casa. Espelhos com desenhos serigrafados, com uma moldura mais especial, ou até mesmo, com um formato inusitado. Esta mistura é saudável e confere bastante charme à composição.25 (5)
  4. Elemento de atração – Um espelho numa parede sem graça, também é legal. Se você tem uma parede que anda meio sem uso em casa, está sem quadros para pendurar, ou já tem demais, não quer colocar cores ou algum revestimento especial; revestir de espelho é muito legal. É impossível alguém passar indiferente a uma parede de espelhos e definitivamente vai multiplicar o seu espaço.25 (4)

E aí, ajudamos? Se você tiver outras dúvidas sobre elementos na decoração, conte nos comentários, quem sabe não será o próximo tema nesta coluna?