Idéias luminosas

Olá, tudo bem? Que tal conversarmos um pouco sobre iluminação?

Não é incomum que em meio à grande quantidade de considerações e escolhas a serem feitas durante o processo de uma nova construção ou reforma, um projeto de iluminação acabe se resumindo apenas à escolha de lustres ou luminárias a serem utilizados nos espaços. A verdade é que, por mais que grande parte das pessoas não conheça a fundo a importância de um bom projeto de luminotécnica, todos nós somos capazes de perceber a dificuldade advinda de um espaço que não conta com a iluminação adequada para os fins a que se destina.

Um bom exemplo seria uma cozinha que não têm uma boa iluminação nas áreas de preparação e corte de alimentos, assim como nas áreas de cocção e com isso faz com que as atividades mais básicas a serem desempenhadas naquele espaço acabem se transformando em missões quase impossíveis.  Outro exemplo que talvez seja ainda mais comum, seja o do escritório ou espaço de leitura cuja iluminação é tão ruim, que dificulta até a mais simples leitura, fazendo com que o morador ou usuário tenha que recorrer à paliativos para suprir a falta de iluminação adequada. Além de definir corretamente o tipo e quantidade de lâmpadas que se deve utilizar (sim, elas variam de acordo com o uso e efeito que se deseja produzir), também é essencial considerar o layout dos espaços, para que não tenhamos, por exemplo, uma mesa de leitura que não conta com ponto de iluminação.

Mas o papel da iluminação vai muito além disso, aqui temos alguns exemplos:

02

Foto: http://www.cocolabor.org (autor desconhecido)

Defina espaços e caminhos : Este tipo de iluminação permite que um caminho ou trajeto seja bem definido, por vezes permitindo diminuir ou até eliminar a iluminação zenital. Um outro detalhe bastante interessante na foto é a utilização de um ponto de luz para destacar o quadro que vemos no final do corredor, este recurso, muito comum em galerias e museus, também pode ser utilizado em casas e escritórios.

03

Projeto: John Cullen Lightning

Destacar diferentes camadas e garantir segurança: Aqui temos um bom exemplo de iluminação indireta, que além de proporcionar maior segurança para os usuários da escada no período noturno, também proporciona um belíssimo efeito visual ao ambiente, dando à escada uma aparência quase escultórica.

04

Foto: Pinterest (autor desconhecido)

Criar uma superfície luminosa: Aqui, a iluminação também é difusa, e acaba criando a ilusão de uma parede inteiramente luminosa recoberta por placas de madeira. Esta luz amarelada dá ao ambiente uma aspecto caloroso e aconchegante.           

05

Foto: Pinterest  (autor desconhecido)

Acentuar a cartela de cores da decoração: As lâmpadas RGB Led possibilitam destacar determinadas cores da decoração de ambientes, isto,  permite criar um ambiente com características mais extravagantes e/ou dramáticas.

06

Loja Dior de Tokio – fonte: www.thewondrous.com

Destacar a construção: Até as construções com formas mais tradicionais acabam se sobressaindo na paisagem com uma iluminação moderna e bem projetada. Nesta imagem o efeito da luz interna sendo filtrada para o exterior por vidros de diferentes texturas é um excelente exemplo.

Estes foram apenas alguns exemplos do que se pode fazer com um bom projeto de iluminação! Ficou curioso e quer adotar uma dessas idéias? Vamos conversar, sua casa ou escritório vão brilhar.

______________________________________________________________________________

Quem contribuiu desta vez com o blog foi:

Juliana S. Rodrigues | Arquiteta

São Paulo | SP

e-mail: arquiteta.juliana@uol.com.br