COMO CRIAR UM SANTUÁRIO AO AR LIVRE?

Quando o relógio bate cinco horas na sexta-feira, nós dizemos – chega! Chega de trabalho, de reuniões, de stress; tudo que nos resta é enfrentar o horário de “rush”, chegar em casa, largar as chaves, tirar os sapatos e acomodarmos na varanda com um vinho delicioso ao som de uma música prazerosa, para nos aliviarmos dos problemas da semana (pelo menos pelos próximos dois dias). Ah, o nosso santuário!

Você pode verdadeiramente recarregar suas baterias mesmo não tendo um mobiliário confortável para se jogar, ou não tendo uma iluminação gostosa com essências vindo das plantinhas de seu canteiro? Não, não pode, certamente não!

Nós vamos listar aqui, alguns elementos que são fundamentais para você montar ou redecorar este espaço tão importante que você já tem, e para que possa disfrutar verdadeiramente deste espaço.

PRIVACIDADE É ESSENCIAL

Apenas imagine: Uma manhã de sábado de outubro, o sol já está subindo no céu, seu terraço sendo lavado pelos raios quentes e você que estava procurando entrar na temporada de verão com um bronzeado, o que faz? Logo, sua roupa de banho e já começa a passar seu bronzeador, quando você vê que no prédio da frente tem alguém a te observar, ou os vizinhos resolvem discutir a relação no terraço ao lado. Bem, não existe mais paz, nem calma, e nem mais vontade de ficar ali.

Bem, para superar todas estas interações e distrações sem ter que construir uma parede de três metros, considere um fechamento com arbustos médios, que ajudam a bloquear a visão, atenuam o som e ainda trazem conforto ao espaço. Forrar alguma empena com parede verde, também ajuda a segurar o som. Isso também vale para o vizinho barulhento, recomende a instalação na varanda dele também! Rs.

PÉRGULAS ELEGANTES

Agora é com você que mora em casa, que quer ampliar um pouco mais a cobertura da sua varanda, que tal considerar uma cobertura de pérgulas, que poderá ser emoldurada por plantas e apoiar vidro para proteção em dias de chuva. E para dar uma proteção maior ao espaço em dias de alto verão, é possível incluir tecidos próprios para exposição ao sol, em cores claras, que também proporcionam um certo charme para o espaço.

AMBIENTES DE TIRAR O FÔLEGO

Sim, criar ambientes externos e maravilhosos pode ser bastante desafiador! Decorar um jardim que una sofisticação e conforto sem ter que construir decks ou gazebos, ou se num terraço de apartamento, sem ter que fechá-lo totalmente de vidro, parece que será algo realmente difícil. Mas não é bem assim, você pode incluir elementos surpresa que causam aconchego e admiração nos seus amigos. Como lareiras externas, ou paredes de pedras molhadas, uma área com plantas exóticas e até um recanto com um Buda se você gosta de espiritualidade zen.

Se você for sortudo e possuir um jardim, então componha com flores e árvores frutíferas, e porque não um banco de madeira à sobra de uma das árvores, a composição destes elementos sempre é um sucesso!

ILUMINAÇÃO É BACANA E IMPORTANTE!

E quando o sol se vai, todo o seu verde e ambientes externos perdem todo o seu brilho para a noite. Para que seja possível desfrutá-lo, admirá-lo e muitas vezes ganhar um novo ambiente externo, se faz necessário trabalhar a iluminação. Mas como? No caso de jardins aquelas cordas com lâmpadas que dão um ar aconchegante estão em alta. Colocar iluminação dirigida e focada nas árvores e arbustos, sempre em coloração mais quente. (Atenção a iluminação fria, nunca deixa o ambiente com uma atmosfera aconchegante!) Para todas as outras situações de varandas e terraços, vale iluminação com luminárias tanto de lâmpadas como de velas, focar algum objeto de destaque, abusar da iluminação indireta que sempre valoriza o jogo do esconde e mostra e proporciona sempre um clima muito aconchegante. Não utilizem, pelo amor de tudo que for sagrado, a tal da luz branca – se é que podemos te implorar alguma coisa! Puxem pela memória se alguma vez na sua vida, você se sentiu abraçado num ambiente super claro! Acho que não, né? Rs. Agora convide os amigos para curtirem a noite junto com você!

JARDINAGEM TERAPÊUTICA

Agora que finalmente você está mais envolvido no processo de redecorar ou montar seu ambiente externo, você vai descobrir que a jardinagem é uma incrível terapia. Concentrar-se ou entregar-se a esta atividade um ou dois dias na semana te ajudará a escapar com êxito da agitação diária do mundo moderno. Comece por plantas que são conhecidas por atraírem borboletas ou beija-flores, ou até mesmo, flores ou ervas aromáticas. Trabalhar nas plantas vai te conectar com a natureza, portanto cerque-se de algo que para você já seja familiar, que possa conectar a sua mente com algo agradável, quem sabe uma lembrança da infância ou de uma viagem gostosa, tudo isso vai te aliviar do stress e reestabelecer seu bem-estar.

Se para ler um livro num domingo de manhã, um sábado à noite romântico sob as estrelas, um “brunch” num feriado com a família, ou apenas o espaço para escapar da pressão no final de uma quarta-feira difícil, este seu santuário pessoal vai te ajudar a restaurar a energia necessária para vencer os desafios que esperam por você lá fora!